quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

SAINDO DO CASULO

Bom dia aos meus "quase um milhão de amigos"!!!


     Hoje quero falar sobre  voar!  Sobre a alegria e o preço de voar! Voem comigo!!!


Trecho do futuro livro


                                                          
SAINDO DO CASULO

        Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo; um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.
Então  pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso.

Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia  ir  mais. Então o homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou  uma tesoura e cortou o restante do casulo.  A borboleta então saiu  facilmente. Mas  seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas  amassadas.
O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava  que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para  serem  capazes de suportar o corpo que iria se afirmar a tempo.

Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto da  sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para  passar através da pequena abertura era o modo com que a natureza fazia com  que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria  pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.
                         
Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida. Se passássemos esta nossa vida sem quaisquer obstáculos, nós não iríamos ser tão  fortes como poderíamos ter sido ( autor desconhecido).
     Como vivi esta verdade! Ou melhor como “sofri” esta verdade! A vida poderia ter propiciado prá mim um casulo mais confortável, menos apertado, a dor envolvida neste processo de arraste produz extremo sofrimento, mas também transformação. A feia e desajeitada lagarta, sofre demais, porém transforma-se  em algo lindo e totalmente diferente. Ela que antes estava presa e apenas se arrastava, agora está livre para voar!
       Está preparado para voar? Voar alto!  Livre! Contemplar o céu em todo o seu esplendor!
      Quando nascem somente pássaros e insetos são dotados de asas. Porém mesmo eles têm de se sujeitar a experiência de voar, o que leva tempo, esforço e até alguns possíveis acidentes. Observam o vôo da mamãe  e do  papai pássaro e um dia quando estão preparados começam a ensaiar seus pequenos vôos.
       A mitologia grega conta a estória de Ícaro.  Seu pai Dédalo que era artesão confeccionou asas para ambos fugirem do seu exílio na  Ilha de Creta. As  fez com penas de gaivota, usando  cera para  a colagem. Avisou contudo a Ícaro que não voasse muito perto do sol, pois o seu calor poderia derreter a cera, também não deveria voar muito perto do mar,  já que  a umidade poderia deixar as asas muito pesadas impedindo  seu vôo.  Ficheiro:Landon-IcarusandDaedalus.jpg       
A estória conta  que Ícaro ficou tão deslumbrado com o vôo que esqueceu o conselho do seu pai, aproximando-se  demais do sol. A cera derreteu, fazendo com que Ícaro pensasse que não mais havia penas e que ele estava batendo apenas seus braços. Ícaro então caiu no mar Egeu, afogando-se.
     O homem sempre sonhou em voar! Eu amo voar! A sensação de liberdade, de leveza, agilidade.... Incomparável!!! No entanto, só temos duas maneiras:  A primeira e mais fácil é adquirir uma passagem que dá direito a ser levado aos céus no grande pássaro de ferro. Maravilhosa invenção humana! Segura, ágil, eficaz! A segunda é aprender a voar no espírito, na alma. Alçar o vôo que no dá a mesma sensação de liberdade, de alegria, de paz! Enxergar  do alto, de cima. Olhar numa dimensão diferente. Na dimensão de Deus!                
       Neste dia, convido a todos os meus quase “1 milhão de amigos”, a refletirem sobre a estória da borboleta. Pensarmos sobre o sofrimento, o esforço, a perseverança, como os meios pelos quais Deus nos concede beleza e asas para voar! Entender que não é fácil. Nunca vai ser! Mas é possível!!! Temos que acreditar que é possível!!!
        Este vôo que proponho, diferente do vôo de Ícaro, pode ser elevado às maiores alturas!  Muito mais alto do que o sol! Bem perto de Deus!!! Suas asas não serão de cera. Não hão de derreter!!! Foram forjadas nas mais duras provas da vida. Costuradas não por homens limitados, mas por anjos com linhas dos céus!
       Quando derramar uma lágrima. Quando sentir uma dor profunda. Quando estiver diante de um obstáculo aparentemente intransponível, procura pensar desta maneira:
Deus está construindo minhas asas!!!  
                                          Beijos,
                                                           Matilde (Tuca)

                                    
                                                        

5 comentários:

Anônimo disse...

Adorei a história, realmente temos que passar por certas dificuldades para nos
tornar-mos pessoas melhores. Lembra que quando comecei a trabalhar com vc as pessoas achavam que você era minha mãe???....rsrsrsrsrs.....Pois é, passaram se uns 10 anos e hoje acham que somos irmãs. Ou seja, apesar de todas as lutas você não perdeu a entusiasmo, a vontade de viver e principalmente a beleza, ta igual a vinho “quanto mais velho melhor”......Brincadeirinha!!!!!..............Bjs .....Laiza

Bruna Uliani disse...

Tuca querida!!! Sempre tenho checado seu blog e quero te dizer que vc é uma TREMENDA GUERREIRA. Louvo a Deus por te-la colocado em minha vida. Agradeço por suas palavras de fé e encorajamento de sempre. Vc é um exemplo de vida! Apesar de ter passado por muitas lutas sou ingrata muitas vezes pela minha vida e esqueço de tudo que Deus fez para mim. Te amo querida, Deus te abençõe! bjsssss

Anônimo disse...

Olá Tuca!!! Hoje finalmente consegui acessar , tenho amado ler os artigos.Um Grande beijo Assinado Rosebudplus.

Anônimo disse...

Tuca amada!!voce mora no meu coracao,desde qdo te conheci.....uns aninhos atras,rsrsr sempre te achei de+++++ e guardo algumas palavras suas no coracao e lembro delas até hj.....mas acho que vc nem imagina,tenho lido sempre o seu blog,mas a correria do dia a dia,nunca postei comentario,estamos na luta contigo em oracao.....bjinhos

Keila Rocha disse...

Amiga, obrigada pelas visitinhas... tenho maior gosto de passar aqui sempre que dá, viu?
Hoje estou bem dolorida, passei o dia deitada, mas com o tempo com certeza melhoro....
bjo e um lindo fim de semana pra vc!!!

Postar um comentário

SEUS COMENTÁRIOS SÃO MUITOS IMPORTANTES!!!

Postar um comentário

SEUS COMENTÁRIOS SÃO MUITOS IMPORTANTES!!!