segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

25 anos

                                       25 anos!

         Ser de alguém é superar a barreira do tempo... dos anos... É estar ao lado em belas estradas ou  negros vales,  à beira de precipícios, e às vezes sem chão prá pisar. É acreditar quando ninguém mais  acredita, “teimar” em estar ao lado, mesmo quando as circunstâncias  declaram o “xeque mate”,  e os espectadores  tais quais aves de rapina, aguardam com ansiedade comer  as carnes ainda frescas de uma história que um dia foi linda e de um relacionamento que deixou de existir !
        A beleza está nos olhos de quem  é sensível para encontrá-la, e mesmo no corpo machucado de um soldado pode-se ver a beleza da bravura, as cicatrizes da coragem de alguém que tornou-se belo em meio à perigos e aos  horrores de uma guerra. Aliás a verdadeira beleza  está na flor do deserto, 
 que mesmo sem água ousou viver  e  em meio a sequidão refinou sua beleza.
       Não existem relacionamentos perfeitos, o processo de fundição de duas almas que se amam pode ser doloroso, mas como o bom vinho que sujeita-se paciente à prova do tempo, tornando-se mais saboroso, mais raro e caro.
       Ao completar 25 anos de casado quero testemunhar que convivo com uma linda “ flor do deserto”,
sendo eu apenas um “salgueiro” ! O melhor disto, é que pode-se encontrar beleza até mesmo num salgueiro,  e você encontrou isto em mim! Quando os viajantes  vêem um salgueiro, sabem que a água está próxima. A casca é utilizada para fazer cestos, redes e tecidos. a madeira é usada para arcos, e para fazer fogo que aqueça  na noites frias do deserto. As folhas, flores e cascas são usadas em uma variedade de medicamentos.
     Obrigado a você minha amada, por ter compartilhado  sua beleza e seu perfume comigo durante todos estes anos! Por ter estado no mesmo odre que depurou o vinho do nosso amor!
 
Por ter me tornado melhor mesmo conhecendo o pior de mim!
 
    Gostaria de ter lhe dado melhores coisas, ou deixado de lhe dar coisas piores, afinal  você sempre mereceu e merece, o melhor!
    Acho você linda, e como dizem de Maria : “ Bendita entre as mulheres”, acrescento a você: “ Bendita e linda entre todas as mulheres”!
     Obrigado pelos 25 anos, obrigado pelo seu coração, pelo seu carinho e pelo seu amor!
       Se eu pudesse voltar no tempo, certamente teria feito muita coisa diferente,  sobretudo para não vê-la chorar!
  
Se eu pudesse colocar-me em seu lugar,  tomando a sua  doença, o faria de todo o coração, pois você alegra muito mais o mundo do que eu!
       Amo você!
Estou com você em tudo, por tudo, prá tudo! Quero que sejas muito feliz, hoje e sempre!


               Com carinho e muito feliz pelos 25 anos,
                                                          Marcos.
Obs.: Meu amor, nesta manhã  recebí este e-mail bem humorado seu! Esta galinha ilustra bem aquilo que tentei trasmitir no texto sobre a verdadeira beleza! Eis aí uma galinha linda e de atitude!
                                                                                                      
Não importa o que aconteceu durante o dia...
Volte “sempre para casa com a cabeça bem erguida"