terça-feira, 15 de março de 2011

Tsunami

Boa noite aos meus quase "1 milhão de amigos"!!!

       Hoje em edição extraodinária estou lançando  a postagem agora à noite. A tragédia do Japão é tão presente e ao mesmo tempo tanta gente vivendo o momento "pós-tsunami", que me sinto responsável por no mínimo dizer algo a respeito de tudo isto!
       Um beijo a todos, desejando que  da dificuldade ao pior dos desastres cada um de nós possamos superar e nos tornarmos melhores !
TSUNAMI

O termo "tsunami" provém do japonês, significa "porto" (tsu, ) e "onda" (nami, )[4] ( wikipédia google).
        Nada mais triste e aterrador do que a tragédia vivida pelos nossos irmãos  japoneses! Ondas de quatro metros de altura  ultrapassando os limites e avançando sobre os homens e sobre tudo aquilo que eles construiram! Eu lí que a velocidade de um tsunami pode chegar a mais de setecentos kilômetros por hora. Como prever tal desastre? Como  e para onde fugir diante de algo tão poderoso ?
         O Japão é um arquipélago. Está localizado ao longo da costa oriental do continente asiático, formado por 4 ilhas principais: Hokkaidou, Honshuu, Shikoku e Kyuushuu, além de milhares de pequenas ilhas. A maior ilha é a Honshuu, onde fica a atual capital, Tóquio.  Um terremoto de 8.9 de magnitude  que foi considerado o sétimo pior da história, gerou o tsunami que varreu a vida e os sonhos de milhares de homens e mulheres. Outros milhões estão expostos ao perigo  proveniente  de usinas nucleares que podem vazar radiações, já que foram avariadas por causa do terremoto.
         Notícias ruins incomodam a você? A mim incomodam e muito! Interessante as reações de cada um diante de catástrofes como esta: Alguns têm sede de informações. Querem saber de todos os detalhes! Outros talvez mais sensíveis fazem o inverso: Não querem saber de nada! Fogem dos noticiários e das rodas que comentam tais assuntos.
          Apesar de sensibilizados pela dor alheia temos a tendência natural de sempre achar que aquilo não acontecerá conosco. Que assim como “a  grama do vizinho sempre é mais verde”, também todas as catástrofes irão recair no terreno ao lado,  e nunca no nosso!
         Você já ouviu aquele mito do avestruz? Que em caso de perigo corre para esconder a cabeça num buraco, iludido que assim estará protegido e seguro? Não é assim  que fazemos muitas vezes para nos proteger? Não abrir os olhos para a dura realidade ao nosso redor, não nos fará escapar ilesos. Temos que desenvolver mecanismos de defesa baseados na coragem  de enfrentar os problemas e não   fugindo deles. Verdade é também que existem acontecimentos tão inesperados e avassaladores que tal qual “tsunamis” simplesmente nos atropelam! Com sua força literalmente no engolem! Nos sentimos totalmente impotentes, envolvidos pela grande onda pela qual fomos tragados!
         O que dizer quando num exame de rotina você recebe o resultado de câncer? O que dizer para uma mãe que luta durante meses ou anos  para salvar seu filhinho, seu tesouro mais precioso, e este ao final sucumbe diante da enfermidade que enfim separará os dois para sempre? O que dizer para pessoas que um dia tinham uma casa, família, bens, e no outro perdem tudo porque o tsunami passou pela sua vida?

         Não precisamos ir ao Japão para saber de histórias de “tsunamis” que varreram a vida de pessoas de uma hora para outra.  Em primeiro lugar devemos dar graças a Deus se nós próprios já não fomos vítimas desse tipo de tragédia.
         Em segundo lugar devemos olhar para estas pessoas com o devido respeito que a sua dor merece. Sim, porque muitas vezes não sabendo mensurar a dor alheia, já que não vivemos algo próximo àquilo, nos aventuramos a aconselhar sobre àquilo que devem fazer naquele momento difícil. Em alguns casos os “sábios” de plantão se vêem no direito até de repreender a vítima do tsunami já que no primeiro momento ela pode se revoltar até com Deus... E isto, dizem eles: É inaceitável!  Às vezes a melhor atitude é um abraço!
 Uma lágrima de solidariedade que diz em si mesma: “Não há o que dizer”!!!
        Infelizmente não podemos prever ou impedir que as ondas venham! Mas nós podemos sim, acreditar que após a onda iremos nos refazer! Iremos tomar novo fôlego após a lágrima derramada e iremos reconstruir aquilo que o vento, o fogo, a água, o terremoto, a doença, e mesmo a morte levaram para si!
        A vida passa a ter real sentido e significado  para alguns quando enfrentam e superam desafios! São nas grandes perdas que descobrimos valores que até então nem sabíamos ter! Alguns saem do anonimato para serem conhecidos do mundo porque na hora da tragédia descobriram forças e munição para lutar!
       O Japão é uma região propensa a terremotos e tsunamis. Não é a toa que os nossos irmãos se reergueram tão rapidamente após a segunda guerra mundial em 1945
                               
que devastou Hiroshima e Nagasaki. Se renderam ante as armas  nucleares  lançadas  pelos Estados  Unidos, onde milhares de japoneses morreram em questão de segundos (Este foi o meio encontrado pelos Estados Unidos para convencer os nossos irmãos a se renderem incondicionalmente)! Com eles aprendemos que bombas podem nos parar! Que águas podem nos engolir e varrer! Mas enquanto houver um fôlego de vida, uma semente de coragem dos nossos pais que foi semeada em nós e transmitida aos nossos filhos, nos levantaremos novamente após a catástrofe, a tragédia, a dor, a miséria....
     Não podemos prever ou impedir tsunamis na nossa vida, mas podemos e devemos aprender através deles! Reunir forças! Renovar esperanças! Trabalhar! Recomeçar!
     Enquanto escrevo, me lembro de todos àqueles que nesta hora choram pelos mais variados tipos de tsunami que varreram a sua vida.
Minha oração e desejo é que superem as suas tragédias! Que se ergam por sobre os escombros daquilo que restou (sempre restará alguma coisa ainda que seja um fio de esperança escondido sob os entulhos da perda e da dor!),
e que reconstruam uma morada mais forte e mais segura do que a primeira! Que resgatem tudo o que perderam e que conquistem muito mais! Que superem a dor, e que recebam de volta a alegria perdida de forma multiplicada!
      Minha homenagem e solidariedade sincera aos nossos irmãos japoneses e a todas ás vítimas de tsunamis desta vida das quais eu própria me incluo!

                                   Com amor,

                                                       Matilde ( Tuca)

9 comentários:

Anônimo disse...

TUCA,NA VERDADE TODOS NÓS JA PASSAMOS DE ALGUMA FORMA POR TSUNAMIS EM NOSSAS VIDAS,QUE PARECIAM INFINDAVEL,MAS QDO CONFIAMOS EM DEUS CREMOS QUE COM CRISTO NO BARCO TUDO VAI MUITO BEM,BJINHOS NO CORACAO.SYLVIA

wilson e penha disse...

Tuca, estamos temporariamente sem internet em casa, pois acabamos de mudar. Por isso caíram nossos acessos.
Quando ocorre uma tragédia como essa, fico tentando entender a causa e o para que de Deus? Tecnicamente o Japão, assim como a Califórnia estão sobre enormes falhas da crosta terrestre em constante movimento. Mas espiritualmente? Sabemos que o Japão é uma nação de muitos deuses estranhos. Entretanto, aquele povo, mesmo idólatra é um dos mais disciplinados do mundo, e acostumados a essas tragédias. Não tenho dúvidas que eles vão se reerguer.
O evangelho tem avançado por lá, as Igrejas Universal, da Graça e Mundial tem crescido e vidas alcançadas. Continuemos a orar e o Senhor vai fazendo a parte Dele.
Grande abraço,
Wilson

Anônimo disse...

Muito triste tudo isso que esta acontecendo no Japão, que Deus tenha piedade desse povo. E quanto a Você Tuca, tenho certeza que vai superar essa fase com muita garra.... Estou sempre torcendo por você. Bjs.....Laiza

beth disse...

Tuca my love.... gostei de tudo que voce escreveu....e inacreditavel o que esta acontecendo por la, e a historia nos lugares nucleares entao, nem pensar, da pra ver Jesus voltando num piscar de olhos... eu tambem gosto muito dos japoneses... orai e vigiai sem parar, e por ai. Love you Tuca... te aguardo!

Pati Costa disse...

Lindo Tuca.. e mega sensível.. Estou meio abalada por várias coisas que me acontecem, mas tudo fica pequeno de repente..

TE ADORO!

Patricia disse...

Foi forte o que aconteceu la no Japao,ate mesmo sonhei hoje que eu estava num predio no alto e eu via as ondas se aproximando ..ams Deus nos dava agilidade para fugir e sabedoria para nos proteger,Que o Senhor sempre nos guarde e que nos de forcas para qualquer situacao de Tsunami.

*ju galhardo * disse...

Oi, Tuca, agradeço tua visita ao meu blog, vc é lutadora, e vencedora tbém, continue firme, na certeza que o amanhã vai ser diferente...
vc escreve lindamente, boa sorte a todos nossos irmãos do outro lado do mundo, que consigam se reerguer novamente.
bjuss! até mais!!

Ana disse...

OLá Tuquinha querida!
Realmente minha linda, ultimamente assistimos aos mais variados géneros de tsunami e a maior parte das pessoas não valoriza e assiste na plateia a tudo, impávidos e serenos...às vezes só se sente quando é na nossa pele... Imagino o sofrimento desta gente... tal como sei e sinto na pele o sofrimento de outros tipos de tsunamis...
Como tu estás?? Vejo que não postas há uns dias... está tudo bem contigo??
Um beijinho para ti

O Baú do Xekim disse...

Oi Tuca bom dia.

Como vai você? Tudo bem?
Feliz semana.
Bjs.

Postar um comentário

SEUS COMENTÁRIOS SÃO MUITOS IMPORTANTES!!!

Postar um comentário

SEUS COMENTÁRIOS SÃO MUITOS IMPORTANTES!!!